TIPC
Procurar

Educação nômade no Quênia: um estudo de caso de escolas móveis no condado de Samburu, como uma política de inovação transformadora

Publicações

Os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, ou seja, a Agenda global para 'Transformar nosso Mundo', com a promessa de 'não deixar ninguém para trás' 1, delineiam várias áreas de transformação. A educação, ODS 4, é uma das áreas de transformação. Consequentemente, o ODS4 visa garantir uma educação de qualidade inclusiva e equitativa e a promoção de oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos. O Quênia tem investido na educação como meio principal de melhorar as condições socioeconômicas dos cidadãos. Nos ambientes convencionais de educação, a entrega do currículo é predominantemente adaptada para situações 'estáticas' em que as crianças aprendem em salas de aula em locais permanentes e os horários são inflexíveis2. Esta abordagem revelou-se menos inclusiva, particularmente para os nômades, colocando-os entre os grupos sociais mais marginalizados em termos de exclusão da oferta educacional, apesar das promessas do governo de “Educação para Todos”.

País