TIPC
Procurar

Experimentos transformadores contrastantes por meio de representações variadas do espaço

Sessão
Evento passado
19 de janeiro de 2022 15:00 (GMT)
para
19 de janeiro de 2022 16:30 (GMT)

Meta-frameworks have undoubted advantages for public policy – they can help to articulate new imaginaries and can serve as guides towards specific actions (and as vehicles for funding). But there can also be downsides, especially when practices inspired by these meta-narratives are crudely imposed across different physical spaces with little or no consultation or adjustment to local circumstances. This raises broader analytical question of how do policy narratives – and an associated set of policy practices to support this – influence transitions processes when applied across very different geographies? The subsequent challenge is to develop a methodology to empirically study this question when faced with complex patterns of relationships that make spaces unique but also create unevenness in processes of transitions.

Despite these complexities, the growing demand for new meta-narratives to support transitions processes puts the onus on researchers to study how policy narratives and policy practices are implemented and applied across spaces and how these are received and interpreted by different actors across different spaces. In other words, how can policy narratives and policy practices remain relevant, beneficial and useful from the perspective of transformations when they travel across different contextual spaces? These questions force us to go beyond the remit of STI policy and to engage with broader discussions of new forms of public policy for transformative change. We begin briefly tracing debates around relational forms of governance before addressing the question of spatial differences.

Ref: #36

Conceituação de inovação para mudança transformadora

caixas de som

Matias Ramirez
Sussex PI e palestrante sênior
Unidade de Pesquisa de Política Científica
Matias Ramirez é professor sênior da Unidade de Pesquisa de Política Científica da University of Sussex Business School, onde a TIPC foi fundada. Ele coordena o trabalho da TIPC na América Latina. Isso inclui a parceria com a Colciencias e a redação do documento de política do Livro Verde na Colômbia em 2018 e o trabalho de mapeamento das metas de desenvolvimento sustentável do sistema nacional de pesquisa do México financiado pelo CONACYT. Em 2020 ajudou a criar o Hub da TIPC para a América Latina envolvendo organizações da Colômbia, Chile e México. Grande parte de sua atividade de pesquisa atual está relacionada à política de inovação transformativa na América Latina, incluindo estudos de movimentos sociais, desenvolvimento de indicadores de ODS para mudança transformativa e dimensões espaciais de transições.
Caetano CR Penna
Pesquisador Sênior
University of Utrecht & #039; s Center for Global Challenges
Caetano CR Penna é Pesquisador Sênior do Utrecht University Center for Global Challenges (Holanda) e Professor Adjunto (atualmente de licença) do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. O Dr. Penna também atua como consultor especializado da Diretoria de Tecnologia da FAPERJ, agência de ciência, tecnologia e inovação do Rio de Janeiro. Possui doutorado em estudos de política científica e tecnológica pela SPRU, University of Sussex (Reino Unido), mestrado em governança tecnológica pela TalTech University (Estônia) e bacharelado em ciências econômicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Seus interesses de pesquisa incluem políticas transformadoras “orientadas para a missão” e financiamento para transições de sustentabilidade. No projeto MOTION, o Dr. Penna coordena a co-criação e teste da metodologia de avaliação formativa que integra resultados transformadores na iniciativa EIT Climate-KIC sobre Mobilidade Compartilhada Sustentável (SuSMO).
Alejandra Boni
Professor e Subdiretor do Ingenio
INGENIO
Alejandra Boni é professora da Universitat Politècnica de València (Espanha) e vice-diretora de Ingenio (CSIC-UPV). Ela é professora honorária da Universidade do Estado Livre na África do Sul. Seu interesse de pesquisa se concentra em desenvolvimento humano, ensino superior, cidadania global e inovação transformadora. Ela está liderando o componente de avaliação formativa do Transformative Innovation Policy Consortium.
person icon
Jordi Molas-Gallart
Professor e Diretor de Ingenio
INGENIO
Jordi Molas Gallart é professor pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha (CSIC) e diretor do INGENIO (CSIC-UPV), um centro de pesquisa conjunto do CSIC e da Universidade Politécnica de Valência. INGENIO é o centro espanhol líder no estudo de processos de pesquisa e inovação, com uma equipe de cerca de 40 pesquisadores e pessoal de apoio. Sua pesquisa se concentra na avaliação de políticas de ciência e tecnologia. Ele liderou e contribuiu para muitos projetos de pesquisa para uma ampla variedade de organizações, incluindo o Conselho de Pesquisa Médica do Reino Unido (MRC) e o Conselho de Pesquisa Econômica e Social (ESRC), os ministérios da defesa francês e britânico, INSERM, o Joint Research Center da Comissão Europeia, e o Grupo Russell de universidades britânicas, entre muitos outros. Ele foi membro de muitos grupos de especialistas da Comissão Europeia e presidiu o grupo de trabalho Science Europe sobre Políticas de Pesquisa e Avaliação de Programas e foi editor da Research Evaluation, uma revista publicada pela Oxford University Press, entre 2013 e 2020. No TIPC estou envolvido no desenvolvimento e implementação da abordagem de avaliação do Consórcio. A avaliação é uma preocupação chave de muitas das organizações que estão em conformidade com a TIPC, mas as abordagens dominantes para a avaliação de políticas de CTI não se encaixam nos objetivos sistêmicos e na filosofia inclusiva que caracteriza a TIPC. O TIPC está implementando um novo conjunto de abordagens para a política de inovação e isso precisa ser acompanhado por estratégias de avaliação alinhadas com seus princípios e ferramentas.
Johan Schot
Prof. em História Global e Transições de Sustentabilidade
University of Utrecht & #039; s Center for Global Challenges
Johan Schot é Professor de História Global Comparada no Centro de Desafios Globais (UGLOBE) da Universidade de Utrecht, Holanda. Ele é Diretor Acadêmico do Transformative Innovation Policy Consortium e do projeto de pesquisa Deep Transitions, coordenado pela Science Policy Research Unit da University of Sussex Business School. Anteriormente, foi Diretor da Unidade (SPRU) de 2014 a 2018.