A teoria por trás do TIPC

A teoria das transições de sustentabilidade e das transições sociotécnicas fundamenta grande parte do pensamento sobre a Política de Inovação Transformativa.

A transformação sócio-técnica do sistema é muito diferente de apenas desenvolver novas soluções tecnológicas radicais. A evolução e foco nos aspectos sociais, ligados ao técnico, também é fundamental. Sem esse foco duplo, a transição não ocorrerá.

Para avançar em direção a um sistema de mobilidade mais sustentável, em uma abordagem de quadro um e dois, a política de inovação se concentraria na introdução de veículos elétricos e seu ponto fraco: superar o alcance limitado por meio do desenvolvimento de baterias.

No entanto, se o veículo elétrico for apenas um substituto para o carro atual e continuarmos com um sistema de mobilidade dominado por carros, a economia inclusiva e de baixo carbono ainda estará longe. As estruturas da indústria podem ser transformadas, mas os ODS ambiciosos não serão alcançados. Uma abordagem de quadro 3 TIP focaria políticas de inovação para apoiar o surgimento de novos sistemas de mobilidade, nos quais, por exemplo, a propriedade de um carro particular é menos importante, outras modalidades de mobilidade, como pequenas vans de táxi, transporte público, caminhada e bicicleta são mais usadas em combinação com, por exemplo, veículos elétricos fornecidos por tipos de empresas dedicadas ao fornecimento de serviços de mobilidade usando recursos de TIC, por exemplo, aplicativos de mobilidade.

Neste novo sistema, o planejamento da mobilidade e, portanto, também a redução da mobilidade do carro tornou-se um objetivo de todos os atores e até mesmo um símbolo do comportamento moderno. Isso é o que chamamos de transição sociotécnica do sistema, que implica a coprodução de mudanças sociais, comportamentais e tecnológicas de forma inter-relacionada. Para obter mais informações, leia nosso Guia para Transições Profundas e o artigo científico (posição) do qual deriva o trabalho de TIPC.

A teoria por trás do trabalho da TIPC: um guia de primeira linha para transições profundas

Três Estruturas para Política de Inovação: P&D, Sistemas de Inovação e Mudança Transformativa